Gleba

“Gleba” significa “terreno próprio para cultivar”

É uma palavra que simboliza a relação próxima que a nossa padaria tem e quer celebrar com a terra. É o regresso às origens, aos cereais cultivados nos nossos solos, com variedades antigas e sustentáveis.

A qualidade do pão em Portugal tem vindo a decrescer, principalmente nos grandes centros urbanos. Daí, surgiu a necessidade de abrir a padaria Gleba com o objectivo de fazer o melhor pão.

Em Portugal, o pão não é feito a partir de cereais nacionais e sustentáveis. Consome-se, principalmente, trigo que vem de todo o mundo, comercializado num mercado extremamente globalizado e com uma imensa pegada ecológica. Resumindo, pode estar a comprar pão de Mafra, feito a partir de trigo Ucraniano, Polaco, Espanhol ou o que quer que esteja mais barato.

O factor que impera é, portanto, o preço e, infelizmente, devido às suas dimensões, solo e clima, o nosso país não é competitivo no grande mercado cerealífero. No entanto, tal como no vinho temos inúmeras castas, também nos cereais somos riquíssimos em variedade e qualidade. Apesar de não sermos tão produtivos como outros países, podemos apostar em produtos de excelência, baseados na nossa riquíssima tradição.

Esse é o objectivo e a visão da Gleba:

  • Produzir o melhor pão, de forma natural e a partir dos melhores cereais portugueses.
  • Trazer de volta o pão que os nossos avós comiam, um produto nutritivo, saudável e extremamente saboroso.

A blog about Wordpress design, development , Software and inspiration Largest Online Shopping and Fashion Network